Pular para o conteúdo

Escoliose – diagnostico e Tratamento

ESCOLIOSE

DIAGNÓSTICO :

O diagnóstico da escoliose é feito baseado na avaliação do(a) paciente no consultório e complementado com a radiografia panorâmica da coluna vertebral de frente e de lado. Nessas imagens podemos avaliar a coluna desde a cervical até a coluna lombossacra. 

Nessa radiografia o médico consegue fazer marcações para medir o ângulo da escoliose.  A técnica mais utilizada é chamada de angulo de Cobb  

Esses ângulos devem ser acompanhados em todas as consultas para avaliar se a deformidade progrediu ou se o tratamento está sendo eficaz.

TRATAMENTO :

O tratamento para escoliose pode conservador (com ou sem colete) ou cirúrgico. Para decidir qual opção indicar, o medico precisa saber o tamanho das curvas, a fase do crescimento e se existe algum motivo para a escoliose ou se ela é idiopática.

Aqui eu vou dar enfoque ao tratamento da Escoliose Idiopática do Adolescente, pois como mencionado anteriormente  é a escoliose mais comum e talvez mais fácil de entender.

O que vou escrever são as orientações gerais dos maiores centros de escoliose do mundo, mas vale lembrar que cada paciente é único e  o tratamento deve ser individualizado para aquele adolescente.  Os pais e a(o) jovem paciente precisam estar de acordo com as orientações, pois o fator mais importante é a aderência ao tratamento.

O objetivo de qualquer tratamento de escoliose é chegar ao final da fase de crescimento com curvas menores que 45 a 50 graus. Isso pois acima desses valores há uma tendência de progressão, mesmo após a maturação esquelética.

Em curvas muito pequenas, entre 10 e 25 graus:

– optamos pelo tratamento expectante sem colete.   Gosto muito de recomendar atividade física e fisioterapia para ajudar no fortalecimento da musculatura e auxiliar no tratamento. 

Acompanhamento periódico com avaliação das curvas para saber se há progressão ou se estão estáveis. 

Curvas entre 20 e 45 graus.  Aqui temos que conversar… 

  • Se o adolescente estiver em fase de crescimento, está indicado o uso de colete.  Esse deve ser usado o máximo de tempo possível durante o dia. O ideal é usar no mínimo 18h. Estudos comprovaram que quanto maior a aderência ao colete, melhores os resultados, mas às vezes o mais difícil é convencer o adolescente a usar a órtese.  Por isso, os coletes modernos são leves, discretos  e moldados sobre medida para cada paciente. Assim , não trazem incômodo e facilitam o uso sob a roupa.  Existem diferentes modelos e isso deve ser discutido com o seu médico
  • Se o adolescente está no final da fase de crescimento ou já é esqueleticamente maduro, então o colete não está mais indicado pois não vai conseguir moldar a coluna. 

Curvas torácicas acima de 45/50 graus e /ou lombares acima de 40 graus : 

  • Para essas curvas o tratamento mais indicado é a cirurgia de artrodese da coluna, pois acima desses valores sabemos que as curvas tendem a evoluir mesmo após a maturidade esquelética. 

RESUMINDO: 

A escoliose é uma deformidade complexa que pode afetar pacientes de qualquer idade, mas é mais predominante nas adolescentes.  É essencial o diagnóstico precoce e um tratamento adequado pois esses podem prevenir uma evolução desfavorável. 

Pra terminar vou deixar uma mensagem que eu passo para os meus pacientes:

– Tem muita coisa ruim na internet sobre escoliose. Pais e pacientes devem ter muito cuidado ao pesquisar. Assim, sempre recomendo procurar em sites confiáveis. Abaixo estão dois links das maiores sociedades de escoliose do mundo. 

  • www.srs.org – (scoliosis research society) – site da sociedade internacional de escoliose 
  • www.sosort.org – site da sociedade de tratamento conservador de escoliose

2 comentários em “Escoliose – diagnostico e Tratamento”

  1. Gerlane Cabral Silva Resende

    Eu tenho 36 anos. Já fiz algumas técnicas para melhorar a postura e também musculação, no intuito de melhorar e fortalecer os músculos, já fiz Pilates por aproximadamente, 3 anos. Mas deixei de fazer exercícios, desde que tive a minha filha, ela fará 6 anos em Dezembro. E quando olho no espelho, vejo o quanto a minha escoliose está acentuada. Fico triste e desmotivada a procurar ajuda… Ao ver algumas fotos de costas, um alerta acendeu em minha mente, preciso de ajuda com um bom profissional. Certa que a internet me ajudou a chegar a ele, fico no aguardo do retorno. Obrigada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *